Estudantes se mobilizam no combate ao bullying através de TEATRO Link Externo




Da Secretaria da Educação/ SP:

Estudantes e professores enfrentam diariamente o problema nas escolas.

Uma das ferramentas que pode ser utilizada é o teatro. O próprio processo criativo, em si, já proporciona uma melhor iteração entre alunos, professores e famílias. Por outro lado, as peças podem ser utilizadas na conscientização coletiva da gravidade do termo.

Embora muita gente ainda considere o bullyng como um exagero as brincadeiras rotineiras, o caso é muito sério.

Este mês uma garotinha comedeu suicídio após sofrer bulling (Leia: Suicídio de garota-propaganda mirim após bullying choca Austrália)

Do roteiro à iluminação, espetáculo teatral é produzido por alunos e dirigidos pelo professor mediador da E.E. Jornalista David Nasser, Vitor Moraes Filho.

O que é e como foi definido o termo Bullying* ?

Assédio Moral Infantojuvenil (AMI), Bulimento ou Bullying  que é um anglicismo utilizado para descrever atos de violência física ou psicológica intencionais e repetidos, praticados por um indivíduo ou grupo de indivíduos, causando dor e angústia e sendo executadas dentro de uma relação desigual de poder.

Bullying é um problema mundial, sendo que a agressão física ou moral repetitiva deixa sequelas psicológicas na pessoa atingida.

O termo com esta definição foi proposto após o Massacre de Columbine, ocorrido nos Estados Unidos no ano de 1999, pelo pesquisador sueco Dan Olweus, a partir do gerúndio do verbo inglês to bully (que tem acepção de "tiranizar, oprimir, ameaçar ou amedrontar") para definir os valentões que, nas escolas, procuram intimidar os colegas que trata como inferiores.

Embora o termo tenha seu uso bastante recente, o fenômeno é bastante antigo e encontra relatos na literatura que datam de mais de cem anos; a prática tem um grande poder de destruir a auto-estima da vítima, pois esta precisa permanecer no ambiente escolar e enfrentar todos os dias as humilhações diante de todos os colegas.

Em 20 por cento dos casos, o praticante de bullying também é vítima. Nas escolas, a maioria dos atos de bullying ocorre fora da visão dos adultos e grande parte das vítimas não reage ou fala sobre a agressão sofrida. Os ataques de bullying podem ocorrer também no espaço virtual. Ao propiciar o anonimato do agressor, a Internet acaba por vezes incentivando uma maior desinibição de conduta e ao desrespeito à ética, tornando-se cenário de insultos, campanhas vexatórias, vazamento de imagens constrangedoras e outras práticas planejadas por um ou mais indivíduos com a intenção de atingir negativamente o outro.

(Fonte explicativa termo: Wikipedia)



Foto: Youtube



Curta, comente e publique direto no Facebook

Mais lidas últimos 30 dias


Anúncios [5634 - desktop]



Vídeos do Portal

Promoções







Mais ofertas!