Com vídeo: Luz emitida por smartphones pode prejudicar visão e sono. Pesquisador da UFMG dá dicas para evitar danos ´a saúde UFMG




Pesquisador de laboratório da UFMG sugere como evitar danos à saúde

É quase impossível passar o dia sem olhar para a tela do celular, computador, tablet ou televisão. Analistas da Digital Market Outlook, do portal Statista, revelaram que o tempo médio gasto por brasileiros em smartphones saltou de quase duas horas diárias, em 2012, para aproximadamente cinco horas em 2016.

A frequência com que olhamos para as telas dos aparelhos eletrônicos pode trazer sérios danos à saúde dos olhos, como o desenvolvimento de miopia e até glaucoma. O coordenador do Laboratório de Pesquisa Aplicada à Neurovisão da UFMG (Lapan), Douglas de Araújo, concedeu entrevista à TV UFMG sobre o tema.

A luz azul é um dos temas que serão discutidos no 6º Congresso Brasileiro de Neurovisão: neurociências da visão, agendado para 20 e 21 de setembro, no auditório da Escola de Engenharia da UFMG. O evento é promovido pelo Lapan

Entrevistado: Douglas de Araújo, coordenador do Lapan UFMG

Produção e reportagem: Hanie Ferraz
Edição de conteúdo: Jessika Viveiros
Imagens: Antônio Soares
Edição de imagens: Otávio Zonatto



Veja a reportagem na fonte.



Curta, comente e publique direto no Facebook

Mais lidas últimos 30 dias


Vídeos do Portal

Promoções







Mais ofertas!